15/07/2011

Menstruação Atrasada sem Gravidez?

O atraso da menstruação, que nem sempre quer significar a gravidez, pode ser um sinal importante sobre a interferência do organismo no ciclo menstrual, que dura cerca de 28 dias (podendo variar o período) e passa pelas fases da menstruação, fase folicular, ovulação e fase lutea. O recomendado é que sejam feitas consultas periódicas com o profissional de ginecologia, assim que ocorrer a menarca, que é a primeira menstruação. O acompanhamento de um profissional auxilia a mulher a ter mais conhecimento sobre o seu corpo e reconhecer os sinais dados por ele.
A amenorreia pode ser uma das formas mais comuns da falha da menstruação por um período de tempo prolongado. Não é uma doença, mas o sintoma evidente de alguma outra condição irregular. O atraso pode ter vários fatores de causa como a rápida perda de peso, exercícios físicos extenuantes e irregulares (feitos sem acompanhamento), excesso de medicamentos, estresse, desordem alimentar (anorexia) ou outras doenças mais sérias como tumores no sistema nervoso central. Mulheres com a síndrome do ovário policístico, por exemplo, podem apresentar a amenorreia.
A oligomenorréia apresenta várias irregularidades nos ciclos menstruais, que incluem o atraso. Assim como a amenorreia, a oligomenorréia não é uma doença propriamente dita, mas um sinal de algumas disfunções do organismo.
A insuficiência ovarariana prematura é uma doença apresentada geralmente em mulheres por volta dos 40 anos. Não menstruar é um dos principais sintomas do distúrbio, que também pode apresentar dificuldades para engravidar. Para esta doença não há um tratamento comprovado que faça com que os ovários voltem a funcionar normalmente, mas a reposição de hormônios (que o organismo não pode fabricar) pode regularizar o ciclo menstrual e também reduzir o risco de osteoporose.
Sobretudo, para assegurar a saúde feminina a indicação mais eficaz é que seja procurado um profissional de ginecologia. Os distúbios acima são apenas as causas mais frequentes para atrasos de menstruação, podendo haver outras esferas para o problema. Exames periódicos ou um simples bate-papo com o seu médico sobre o que acontece com o seu organismo podem eliminar várias dúvidas e prevenir possíveis doenças.

0 Comentários: